Fim de Semana no Espaço UFMG

30 de novembro de 2018 – 20:37

O Espaço UFMG tem uma preparou uma programação especial para este fim de semana:

SÁBADO, 1 DE DEZEMBRO

Desvendando as constelações guaranis

A cultura ocidental olha para o céu e pensa em planetas, estrelas e outros corpos celestes como frutos de milhares de anos de reações químicas e físicas. Os povos indígenas, por sua vez, têm outra perspectiva sobre o Universo, o que será mostrado ao público na contação de histórias Desvendando as constelações guaranis no próximo sábado, 1º de dezembro, às 14h, no Espaço do Conhecimento UFMG.

 

Profundos conhecedores da fauna e da flora, os povos guaranis dão muita importância ao céu e seus elementos. A Via Láctea é chamada de Caminho da Anta pela maioria de suas etnias, que enxergam muitas figuras formadas pelo conjunto de estrelas. A mais famosa é a Constelação da Ema, que mostra a ave tentando devorar dois ovos perto de seu bico.

 

A atividade tem classificação livre e é gratuita. Para participar, é preciso retirar uma senha na recepção.

Quando: Sábado, 1º de dezembro, às 14h

Classificação: livre

Onde: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH

Entrada: gratuita

 

Colecionando lugares: minha paisagem

Por meio de uma xilogravura e com apenas uma cor, a artista mineira Yara Tupynambá retratou a cidade de Sabará. Já Wilde Lacerda escolheu tons de verde, azul e amarelo para pintar Ouro Preto. No próximo sábado, 1º de dezembro, às 18h15, os visitantes irão decidir como representar esses locais no Espaço do Conhecimento UFMG.

 Na oficina Colecionando lugares: minha paisagem, as crianças vão usar lápis, giz de cera e canetinha para criar novas imagens a partir de obras como Sabará, de Yara Tupynambá, Paisagem de Ouro Preto, de Wilde Lacerda, e Frevo, de Augusto Rodrigues. As peças estão expostas na mostra temporária Colecionar o mundo: objetos + ciência + cultura.

A atividade, que tem duração de aproximadamente uma hora, tem classificação livre. A participação é gratuita, mas é necessário retirar senha na recepção do museu.

Quando: Sábado, 1º de dezembro, às 18h15
Classificação: livre

Onde: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH

Entrada: gratuita

 

DOMINGO, 2 DE DEZEMBRO

 

Bestiário do “novo” Rio Doce

 

Desde os primórdios, o ser humano tem o hábito de catalogar objetos. Na exposição Colecionar o Mundo, no Espaço do Conhecimento UFMG, o público conhece diversas coleções científicas da Universidade. A mostra revela como o ato de agrupar espécies, ferramentas, objetos e, até mesmo, processos foi fundamental para a ciência.

 

No próximo domingo, 02 de dezembro, às 15h, os visitantes podem ver alguns animais da região do Rio Doce na atividade Bestiário do “novo” Rio Doce. Espécimes conservados estão na mostra, como gambá-de-orelha-preta, morcego-vermelho-do-sul e tangará. Depois de uma conversa sobre a importância de coleções taxonômicas para o conhecimento humano, os participantes vão relembrar o rompimento da barragem do Fundão, que afetou a bacia e pode ter colocado fim a algumas espécies, e conhecerá curiosidades da cultura dos indígenas maxakalis, que vivem às margens do rio.

Logo em seguida, o público será convidado a imaginar quais formas de vida ainda existem por lá e criar três animais para compor um novo ecossistema, formando uma coleção de espécies.

A oficina é gratuita e indicada para pessoas a partir de 06 anos. Para participar, basta retirar uma senha na recepção

Quando: Domingo, 02 de dezembro, às 15h

Classificação: a partir de 06 anos

Onde: Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH

Entrada: gratuita

 

Publicado por

Mãe do Miguel, idealizadora do BH for Kids e integrante da plataforma materna BeagáMães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Design by Jean Gontijo