Alice no Pais das Maravilhas

8 de maio de 2018 – 13:29

E se esse País maravilhoso fosse um circo e todos os personagens se apresentassem como em um grande show circense? É isso que você vai assistir na nova montagem da Copas Produções, “Alice no País das Maravilhas”. “Chegou a hora de contarmos da nossa maneira um dos maiores clássicos infantis de todos os tempos”, dá início Diego Benicá, que assina o texto e direção do espetáculo. “Muitas versões de Alice já foram feitas, não queríamos contar essa história apenas sob os olhos do autor Lewis Carroll nem através de versões já tão conhecidas”, explica.

            Foram anos com esse projeto na cabeça, tempo de pesquisa, ler e reler as várias versões do clássico e assistir às diversas adaptações para o cinema. Em 2018 chegou a hora de colocar o sonho em prática. “O mais bacana de tudo foi perceber como a estrutura da história se assemelha com uma apresentação circense”, explica Benicá. “Por se tratar de um sonho da menina, nada faz muito sentido e seus encontros com os personagens são rápidos e conclusivos: são várias histórias dentro de uma história, como no circo! Os vários números se transformam em um grande show”, explica. Diego enfatiza que todos os personagens do livro são representados no espetáculo e seus diálogos são baseados na obra original do autor. “Os apaixonados pelo livro vão perceber como os detalhes da obra de Carroll foram mantidos e se deliciar com essa nova maneira de contar o clássico”, finaliza.

A trilha sonora feita para “Alice no País das Maravilhas” é o oitavo trabalho do compositor Leo Mendonza para crianças. Sua inspiração para a versão circense da história de Lewis Carroll veio da anarquia sonora dos desenhos animados dos anos 1940 e 1950. Também serviram de inspiração musicais clássicos como “Annie” e “Chorus Line”, onde o coro tem papel de destaque, a obra de Chico Buarque e as canções francesas.

SINOPSE

O apresentador do circo, um coelho branco, está atrasado para começar o espetáculo e antes mesmo de iniciar a apresentação dos personagens é interrompido com a chegada de uma menina, Alice. Determinada a tirar proveito da situação, ela inicia uma expedição no lugar que lhe rende experiências tão inusitadas quanto encolher e esticar, conversar com dois irmãos acrobatas, ver um bebê se transformar em um porco, desviar das facas afiadas da atiradora de facas, encontrar-se com um gato malabarista, tomar chá com os palhaços Chapeleiro Maluco e a Lebre de Março, receber conselhos de uma lagarta aérea e se encontrar com uma Rainha domadora que não suporta ser contrariada, punindo todos com um sonoro “Cortem a cabeça!”.

SERVIÇO

ESTREIA:

12 de maio (sábado) às 17h

Grande Teatro do Cine Brasil Vallourec (Av. Amazonas, 315 – Centro, Belo Horizonte)

TEMPORADA:

19 de maio a 29 de julho – Sábado e domingo às 16h (exceto dias 17/6, 14/7 e 15/7)

Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 – Floresta, Belo Horizonte)

INGRESSOS:

R$ 50 inteira | R$ 25 meia | R$ 22 Sinparc

Crianças de todas as idades pagam ingresso

BILHETERIA CINE BRASIL:

Funcionamento de segunda a sábado das 11h às 21h e domingo das 11h às 19h

BILHETERIA ALTEROSA:

A bilheteria do teatro abre 1 (uma) hora antes do evento

POSTO SINPARC:

Biblioteca Pública (Praça da Liberdade, 21 – Funcionários)

Quarta a sexta das 13h às 18h, sábado e domingo das 10h às 14h (3272-7487)

INGRESSOS ONLINE:

www.vaoaoteatromg.com.br

 

Tag:

Publicado por

Mãe do Miguel, idealizadora do BH for Kids e integrante da plataforma materna BeagáMães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Design by Jean Gontijo